No financiamento caixa a condição é oferecida inicialmente para 6.000 imóveis retomados pelo banco e só se aplica a uma linha de crédito vinculada à receita da poupança; O dinheiro também reduz as taxas de hipoteca
O Banco Caixa Econômica Federal acaba de informar que vai financiar até 100% do valor da casa, imóvel retomado pelo banco. Nessas condições, serão inicialmente disponibilizados 6.000 imóveis, que preveem uma taxa de 2,50% ao ano e uma correção para o rendimento da poupança atualmente em torno de 2,45% ao ano. Como regra do banco central, os bancos financiam apenas entre 80 e 90% do valor do imóvel, com algumas exceções.

Haverá também carência de 6 meses para início do financiamento caixa. A primeira parcela só será paga em 7 meses, afirma o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, ao vivo esta segunda-feira de manhã.

É a primeira vez que a Caixa Econômica Federal financia o valor total do imóvel através do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo). A partir de agora, todos os imóveis retomados serão financiados desta forma. Em vez de ir ao leilão e gastar em uma série de questões operacionais, faremos assim, acrescenta.
Segundo Guimarães, as condições especiais serão introduzidas durante o 1º Feirão da Casa Própria Caixa Digital, de 25 de junho a 4 de julho. 180.000 objetos estarão disponíveis no evento, dos quais 6.000 são 100% financiados.
“Logo log vamos ter iniciativas diferentes na mesma direção, vamos ter muito mais operações onde o caixa vai financiar 100% do imóvel”, afirma a diretoria.
A Caixa também anunciou que demorou seis meses em negociações com o banco central para oferecer os termos anunciados hoje.

Atenção: O financiamento caixa a 100 por cento do imóvel não se aplica às linhas de crédito tradicionais em conjunto com a taxa de juro de referência. hoje em zero. Só está disponível para receitas de poupança, que, segundo o banco, representam 40% dos empréstimos hipotecários recém-contratados.

Caixa reduz taxas de financiamento caixa imobiliário

Devido à crise econômica da pandemia, a Caixa também anunciou que em alguns casos vai permitir a redução da taxa e até mesmo a interrupção do financiamento caixa.

O valor da taxa pode ser de seis meses pode ser reduzido em 25%. A redução da alíquota pode ser de 25% a 74,99% por até 3 meses, devendo ser apresentada a autodeclaração da perda de receita. Para clientes em situação de maior vulnerabilidade, a redução pode ser superior a 75% com comprovação da perda de receitas e avaliação da Caixa.

Existe também a possibilidade de interrupção do parcelamento em até seis meses para beneficiários de auxílios de emergência ou beneficiários do seguro-desemprego.
De acordo com a Caixa, vai ser pago tacas de juros em cima dos valores não pagos durante o período de negociação, que fluirão para o saldo devedor do contrato e diluídos no prazo remanescente. O contrato não está livre de juros, seguros e taxas. A taxa de juros originalmente acordada e o prazo originalmente acordado não serão alterados, diz o comunicado.

No caso de imóveis em construção que também estão em oferta na feira, as linhas de financiamento são destinadas a todas as faixas de renda da família, com prazo de pagamento de até 35 anos, juros da TR mais 3,35% ao ano, mais remuneração pela poupança. Nesse caso, o comprador também pode escolher uma carência de seis meses para iniciar o pagamento.

O Feirão Digital Caixa da Casa Propria será realizado de hoje (25 de junho) a 4 de julho, por meio da plataforma http: //www.caixa.gov.br/feirao. Ao todo, estão sendo ofertados 180 mil novos imóveis em todo o país.

Como vai funcionar?

Os clientes precisam acessar o site do evento e fazer o download do aplicativo Habitação Caixa no celular. Com novos imóveis ou propriedades da Caixa, existem pequenas diferenças passo a passo

Passo a passo para fazer o financiamento caixa

1. Vá para http://www.caixa.gov.br/feirao

2. Clique em Procurar sua acomodação

3. Depois de encontrar sua casa, clique em Simular hipoteca

4. Se você estiver interessado em comprar uma propriedade, é necessário apresentar uma oferta online e participar nas disputas. Você vai ser redirecionado para o portal X Imóveis (www.caixa.gov.br/ximoveis) para cadastrar e formalizar a proposta.

O que cliente deve ter em mãos no momento de enviar a proposta do financiamento caixa?

Para participar do financiamento caixa, é necessário ter a identificação de todos os participantes (comprador, cônjuge e advogado) com comprovante de estado civil, endereço e renda.

Você deve fornecer:

– Comprovante de renda atualizado, emitido no prazo máximo de dois meses
– Última declaração de imposto de renda e nota de entrega na Receita Federal (somente se utilizar FGTS)
– Extrato de cartão de trabalho ou fundo de garantia (somente quando utilizar FGTS)

De acordo com o banco, todos os objetos ofertados em a plataforma expositiva já foi avaliada pelo Banco.

Quais os cuidados que o comprador deve tomar ao participar do evento?
O conselho da Caixa é para os potenciais compradores a não efetuarem quaisquer pagamentos até que a aprovação do financiamento seja confirmada com o banco.
No Rio de Janeiro

Como co-instrutor, você aposta nas unidades do programa residencial Casa Verde e Amarela mms. Em Vargem Grande, as unidades do Vitale estão disponíveis a partir de R $ 193 mil. Nesse caso, o cliente com renda familiar de até seis salários mínimos (R $ 6.660) terá Vitale no pagamento dos documentos (registro e imposto sobre transferência de bens imóveis – ITBI).

O empreendimento, em construção, conta com varandas envidraçadas, elevador em cada prédio e mais de seis mil metros quadrados de área externa de lazer com opções para toda a família.

Em Campinho, o Vitale Easy em construção possui imóveis a partir de R $ 199.000.
O cliente pode consultar online as informações do projeto, fazer simulações de financiamentos e tirar dúvidas diretamente com a construtora e correspondente do Caixa Aqui por chat. Tudo em uma única plataforma – afirma Eduardo Paiva, diretor da construtora.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here